2 de junho de 2015

O IRMÃO DO CRIADOR DA PALAVRA ROBÔ

KAREL CAPEK

         IDENTIDADE:
         Nome:
         KAREL CAPEK
         Data de nascimento:
         09 DE JANEIRO DE 1890
         Local:
         REPÚBLICA CHECA
         Uma obra famosa:
         RUR (ROBÔS UNIVERSAIS DE ROSSUM)
         Referência artística:
         ESCRITOR, DRAMATURGO, ENSAÍSTA, EDITOR, REVISOR LITERÁRIO, E CRITICO DE ARTE.


         Nasceu em Bohemia aldeia de Malé Svatonovice na atual República Checa. Era o caçula de três irmãos Karel Capek iria manter uma estreita relação com seu irmão Josef Capek, vivendo e escrevendo com ele ao longo de sua vida adulta. Morreu precocemente de forma natural em 25 de dezembro de 1938. Fez diversas campanhas há favor da liberdade de expressão e fora então totalmente desprezado devido a ascensão do fascismo na Europa.
         Ficou encantado com as artes visuais em sua adolescência, especialmente o cubismo (um estilo de arte da época). Estudou na Charles University e na Sorbone em Paris. Foi isentado do serviço militar devido a alguns problemas de coluna que o assombraram por toda a sua vida. Devido a primeira guerra mundial, as suas opiniões políticas foram fortemente afetadas pela guerra e como jornalista Karel começou a escrever vários artigos sobre temas contrários ao nacionalismo, o totalitarismo e consumismo.
         Suas primeiras tentativas de ficção foram em sua grande maioria peças teatrais escritas com o irmão Josef. O primeiro sucesso internacional de Karel Capek foi “Robôs Universais de Rossum” uma obra com sentido distópico a respeito de um mau dia em uma fábrica cheia de sencientes andróides.
         Ao longo da década de 1920, trabalhou em vários diversos tipos de literatura, produzindo textos tanto de ficção e de não ficção, mas trabalhou principalmente como jornalista.
         Na década de 1930 o seu trabalho foi focado na ameaça da brutalidade dos socialistas nacionais, ditaduras e fascistas. Tornou-se cada vez mais anti-fascismo e anti-militarismo e a critica o chamou de “irracionalista”.
         Karel Capek terminou por ficar conhecido como um escritor de ficção científica.

         Algumas de suas Obras:

         RUR – Rossumovi Univerzálni Roboti - 1920
         Fotos da Vida dos Insetos - 1921
         O Caso Makropulos - 1922
         Adam o Criador - 1927
         A Doença Branca – “Poder e Glória - 1937”
         A Mãe - 1938


         Está homenagem a Karel Capek tem referência com o game MACHINARIUM onde em nosso canal você pode curtir todos os videos.




INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL


Inteligência todos temos! Sabedoria e conhecimento adquirimos!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário