26 de maio de 2015

MACHINARIUM

Um game visualmente excelente

            LANÇAMENTO PARA PC: 16 de Outubro de 2009

            PLATAFORMAS: Windows, OSX, Linux, iPad2, Black Berry, Android, PS3 e PSVita.

            GENERO: Aventura Gráfica

            DESIGNER: Jakub Dvorsky

            PRODUTORA: Amanita Design

            PRÊMIOS: IndieCade – Aesthetics (2008), / Aggie: Best Independent Adventure, Best Graphic Design, Best Music, Best Animation (2009); / Kotaku: PC Game of the Year (2009); / IGF: Excellence in Visual Art (2009)
            O JOGO:
            Machinarium não contém um diálogo se quer, falado ou escrito. Há apenas um tutorial inicial básico. Toda a arte de fundo do game foi desenhada a mão, o que por isso nos apresenta um gráfico muito bem elaborado e visualmente deslumbrante. 

            OBJETIVO:
            O objetivo principal de Machinarium é simplesmente resolver uma série de enigmas e quebra-cabeças que vão surgindo durante a nossa evolução no jogo e são interligados entre si.

            PERSONAGENS:
            No comando do simpático robô Josef, devemos ultrapassar uma série de puzzles bem ao estilo “point and click”.

            MINHA VISÃO:
            POSITIVO: Este magnifico indie game, na minha humilde opinião é claro, foi desenvolvido pelo estúdio Amanita Design. Que deu um show na parte gráfica. Cada cenário, ambiente, personagens e objetos são únicos e foram muito bem planejados e desenhados. Uma arte única que lembra um pouco o estilo steampunk. Compra merecida diversão garantida!
            NEGATIVO: As vezes o jogo fica um pouco lento mas reparei que fica nos momentos de cenários mais complexos, com luzes a piscar, outras máquinas ou personagens a moverem-se pela plataforma do game. Mas também meu computador já está um pouco surrado tenho que confessar.

            COMANDOS:
            Uso exclusivo do mouse (point and click)
            Inventário na parte superior da tela
            Barra de menu na parte inferior do game

            ENREDO (UM BREVE RESUMO)
            Machinarium é o nome da cidade do nosso protagonista o simpático robô Josef nome este dado em homenagem a JOSEF CAPEK o criador da palavra ROBOT e irmão de KAREL CAPECK.
            Josef é despejado em um monte de sucata onde acaba por se consertar e regressa imediatamente à Machinarium a sua cidade natal.
            Logo após o seu retorno Josef descobre um plano maligno da temível gangue dos “BLACK CAP BROTHERHOOD” para explodir a torre principal da cidade . Josef faz está descoberta enquanto fugia do seu cárcere ao olhar por através de um luneta. Quando vai em busca de sua namorada “Berta” continua a sua saga resolvendo puzzles e enigmas diversos quando descobre que “Berta” está presa e que foi forçada a cozinhar para os “Black Cap” não sendo possível naquele momento libertá-la.
            Indignado Josef retoma seu caminho até a torre principal de Machinarium, desarmando a bomba e frustrando os planos dos “Black Cap Brotherhood”.
            Já no topo da torre encontra no salão principal (onde toda está confusão começou) um robô de “Cabeça Grande” o chefe da cidade e seu amigo, no meio da sala balbuciante e completamente incapacitado.
            Por fim Josef restaura o amigo cabeçudo, trazendo-o de volta a sanidade, despeja os “Black Cap Brotherhood” pelo ralo abaixo, liberta “Berta” e juntos dão adeus ao amigo cabeçudo e voam em direção ao infinito.




            Temos o detonado completo de MACHINARIUM no canal Resiliência 2



ASSINE NOSSO CANAL:





            LINKS:

            


           


           





Inteligência todos temos! Sabedoria e conhecimento adquirimos!!








Nenhum comentário:

Postar um comentário